PIELONEFRITE – INFECÇÃO RENAL | Causas, Sintomas, Tratamento

Dor lombar

Definição: Infecção compreendendo o parênquima renal e o sistema coletor.

Pielonefrite Aguda: Infecção do trato urinário alto. É considerada complicada quando ocorre progressão para pielonefrite enfisematosa, abscesso renal, abscesso perinefrético ou necrose de papila.

Pielonefrite Crônica: Doença tubulointestinal crônica secundária a infecções recorrentes, especialmente em pacientes com nefropatia (doença renal) obstrutiva, podendo levar à insuficiência renal crônica.

Causas:

Bactérias como: Escherichia coli ( 75% dos casos); Klebsiella; Enterococcus; Proteus mirabilis; Enterobacter; Staphylococcus; Serratia; Mycoplasma.

Fatores de Risco:

  • Litíase renal (pedra nos rins);
  • Refluxo vesica ureteral;
  • Bexiga neurogênica;
  • Doença policística renal;
  • Gestação;
  • Frequência de relação sexual ( > 3 vezes por semana);
  • Infecção do trato urinário no último ano;
  • Diabetes;
  • Incontinência vesical;
  • Uso de espermicida;
  • História materna de infecção do trato urinário.

Sinais e Sintomas:

Adultos: febre (> 37,8 ® C); dor lombar ou pélvica; anorexia ou hiporexia (sensação diminuída do apetite); náuseas e vômitos; dor no flanco a punho percussão (dor na região dorsal quando realizada uma manobra pelo médico); sintomas de cistite (infecção na bexiga) podem ou não estar presentes; confusão mental em idosos.

Lactentes e crianças: febre com calafrios, perda de peso, anorexia, náuseas, vômitos; massa em flanco; sépse (infecção generalizada); hematúria (sangue na urina); enurese (não consegue segurar a urina, quando deveria conseguir pela idade mais avançada).

Diagnóstico Diferencial:

  • Uropatia obstrutiva;
  • Doença inflamatória pélvica;
  • Carcinoma (câncer) retal;
  • Infarto renal;
  • Trombose de veia renal;
  •  Colecistite (inflamação da vesícula biliar);
  • Apendicite (inflamação do apêndice vermiforme);
  •  Pancreatite aguda (inflamação do pâncreas).

Exames Complementares:

  • Exame simples de urina com piúria (células da inflamação na urina), cilindros leucocitários, hematúria (sangue na urina), proteinúria (proteína na urina) discreta;
  • Cultura de Urina (> 100.000 UFC/ml);
  • Hemocultura (nos casos de sepse);
  • Ultrassonografia/ Tomografia para identificar fatores associados, como hidronefrose (dilatação do rim e do sistema coletor pela urina), abscesso, cistos, cálculos (pedras renais);
  • Cintilografia (avalia cicatrizes renais).

Tratamento:

1) Pielonefrite aguda não complicada: Ciprofloxacino  ou  Ceftriaxona.

2) Pielonefrite aguda complicada: antibiótico por 14- 21 dias; abscesso renal: < 5 cm, tentar antibioticoterapia, em caso de não melhora, drenagem percutânea ou cirúrgica; pielonefrite xantogranulomatosa: nefrectomia (retirado do rim acometido).

Autor(a): 

Médica formada pela Faculdade de Medicina de Valença-RJ.

Dúvidas serão respondidas apenas em nosso FORUM, entre e faça sua pergunta.

 

2 Comentários para “PIELONEFRITE – INFECÇÃO RENAL | Causas, Sintomas, Tratamento”

  1. raquel disse:

    muito esclarecedor os textos,continue assim a gente se sente mais preparada para o diagnosticos

Deixe seu Comentário

You must be logged in to post a comment.