CERUME – CERA DE OUVIDO | Sintomas e Orientações

Cera no ouvido

O cerume é conhecido também como “cera”, ou mais popularmente, “cera de ouvido”.

A “cera de ouvido” é produzida na orelha por glândulas que estão dentro do canal auditivo, e está presente em todas as pessoas. Ter cera é normal! Ela serve como uma proteção natural do nosso corpo contra retenção de água, fungos e bactérias. Porém quando é produzida em maior quantidade, seja por excesso de limpeza da orelha, uso de cotonetes, que pode provocar o acúmulo de cera no fundo da orelha, por produção do próprio individuo ou estreitamento do canal auditivo, pode causar algum grau de desconforto, pois forma o que chamamos de “tampão de cera”.

Quais são os sintomas que o excesso de cera pode causar?

- Dor, coceira, sensação de que a orelha está entupida e diminuição da audição, como se o barulho estivesse mais baixo que o normal.

Pode ser confundido com um corpo estranho dentro do canal auditivo, como insetos, feijão entre outros, por isso precisa da avaliação de um medico, pois só ele poderá identificar a causa dos sintomas.

O que fazer na suspeita de cera no ouvido?

- Procure seu Médico! Ele vai te orientar quanto ao uso de uma medicação específica que pinga na orelha para amolecer esse tampão de cera que é muito duro!!

Como o médico poderá cuidar do paciente?

- Ele irá realizar uma lavagem no ouvido com água ou soro fisiológico com a temperatura morna, essa temperatura é a mesma do seu organismo. Atenção, Não tente fazer isso em casa!! Pode traumatizar seu ouvido!!

- Irá retirar a cera com uma cureta própria. Algumas vezes pode ser necessário o uso de uma aspiração.

Não esquecer:

- Nunca usar cotonetes

- A lavagem deve ser feita pelo Médico!

Autor(a): 

Médica formada pela Faculdade de Medicina de Valença-RJ.

Dúvidas serão respondidas apenas em nosso FORUM, entre e faça sua pergunta.

 

1 Comentário para “CERUME – CERA DE OUVIDO | Sintomas e Orientações”

  1. SR.RICARDO FIGUEROUA disse:

    PARABÉNS, FOI MUITO ESCLARECEDOR SEU TEXTO.

Deixe seu Comentário