CÂNCER DE PULMÃO | Causas e Sintomas

Câncer de pulmão

A grande responsável pelo adoecimento pelo câncer do pulmão é a exposição do paciente aos carcinógenos da fumaça do cigarro. Mais de 90% dos pacientes com câncer de pulmão são fumantes, incluindo aí aqueles pacientes não fumantes, mas expostos continuadamente à fumaça do tabaco – os fumantes passivos. Outras causas responsabilizadas pelo aparecimento dessa neoplasia são: a exposição às radiações ionizantes, ao asbesto (amianto), aos metais pesados e aos carcinógenos industriais.

Entretanto estas são responsáveis por menos de 10% dos casos. O câncer de pulmão é uma doença incomum em quem não fuma. É a única neoplasia com a relação causa-efeito bem estabelecida: praticamente só quem fuma tem câncer de pulmão e, portanto o melhor tratamento para esta doença é a sua prevenção. Por isso a luta anti–tabágica deve ser uma constante entre todos os profissionais da área da saúde.

Tipos:

Noventa por cento dos tumores malignos do pulmão pertencem a um desses 4 grandes grupos:

– carcinoma escamoso;
– adenocarcinoma;
– carcinoma indiferenciado de grandes células;
– carcinoma indiferenciado de pequenas células.

Sinais e Sintomas:

Os sintomas do Ca de pulmão vão depender do estágio que o paciente se encontra, geralmente, nos estágios iniciais são:

– Tosse – 75% dos casos
– Hemoptise – 27 a 57% dos casos
– Sibilos localizados
– Pneumonite obstrutiva (inflamação do tecido pulmonar) com tosse, febre e calafrios.

Quando o Câncer começa a acometer estruturas vizinhas, podem surgir novos sintomas:

– Esôfago – disfagia (dificuldade de deglutição);
– Nervo laríngeo recorrente – rouquidão;
– Veia cava superior – síndrome da veia cava superior;
– Duto linfático – quilotórax (acúmulo de líquido de aspecto leitoso);
– Estruturas cardiovasculares – palpitações e desmaio;
– Plexo braquial – dor no ombro.

A disseminação hematogênica (via sanguínea) do câncer do pulmão se faz mais frequentemente para o sistema nervoso central (SNC), para os ossos, para o fígado e para as adrenais.

Diagnóstico:

O câncer de pulmão é usualmente silencioso, principalmente no início do seu aparecimento, devido á grande reserva pulmonar. Somente cerca de 15% são diagnosticados em estadio precoce. Os sintomas ocorrem, geralmente, quando o câncer está avançado. Os sintomas mais frequentes são: tosse persistente, rouquidão, falta de ar, hemoptise (escarro com sangue), dor torácica, perda de peso ou apetite e febre de origem indeterminada. O método mais utilizado no diagnóstico inicial do câncer de pulmão é a radiografia de tórax. Pode ser feita também uma Tomografia computadorizada de tórax. A confirmação diagnóstica é feita com: a broncoscopia com biópsia, a punção-biópsia percutânea ou a videotoracoscopia com biópsia.

Tratamento:

O tratamento é feito de acordo com o estágio que cada paciente se encontra. Pode ser feito através de cirurgia para retirada do tumor e/ou radioterapia.

Dúvidas serão respondidas apenas em nosso FORUM, entre e faça sua pergunta.

 

Deixe seu Comentário

Faça seu login para comentar clique aqui.