ABORTAMENTO – Diagnóstico e Tratamento

Abortamento

É considerado abortamento a interrupção da gravidez até a 20º semana de gestação e é preciso que o feto esteja pesando menos de 500 gramas. O sangramento é o principal sinal deste evento sendo o defeito genético (cromossomial) a principal causa, ocorrendo assim o abortamento em até 12 semanas de gestação.

É definido como abortamento de repetição quando se tem 3 ou mais abortamentos.

 

Classificação:

Precoce: até 12 semanas de gestação. A principal causa é anomalia cromossomial (trissomias), tendo a trissomia do 16 como primeira causa de abortamento precoce.

Obs: Trissomia do 21 (Síndrome de Down) – é a principal trissomia em nascidos vivos.

Tardio: > que 12 semanas, onde já passou a embriogênese, principais causas de abortamento são: infecção e incompetência ístmo-cervical.

Tipos de Abortamentos e Condutas (Tratamento):

Abortamento completo: todo o feto ou embrião já foi eliminado (colocado para fora). Teremos sangramento vaginal + colo uterino fechado. Para confirmação deve-se realizar ultrassonografia para verificar se o útero está vazio.

Abortamento incompleto: parte do feto ou embrião já saiu e o restante está em fase de eliminação. Teremos sangramento vaginal + colo uterino dilatado. Deve-se realizar a curetagem para remoção de todo o conteúdo uterino que ainda resta.

Abortamento inevitável: ainda não eliminou o feto ou embrião, porém está em fase de eliminação. Teremos sangramento vaginal + colo uterino dilatado.
Ameaça de abortamento: apresenta pequeno sangramento vaginal com colo uterino fechado. Deve ser realizado ultrassonografia para constatação da vitalidade fetal, se não mostrar vitalidade é abortamento retido.

Contudo, o que irá definir a conduta do médico diante de um abortamento ou ameaça de abortamento será a presença ou não de dilatação uterina. Havendo dilatação do colo a conduta é ultrassonografia e se colo fechado deve-se realizar a curetagem ou esvaziamento uterino.

FOTOS:

Separamos algumas fotos do aborto que é o produto do abortamento. Veja: FOTOS DO ABORTO – ABORTAMENTO

 

Autor(a): 

Médico formado pela Faculdade de Medicina de Valença - FAA.
Cirurgião Dentista formado pela FOV.

  • googleplus
  • facebook
Dúvidas serão respondidas apenas em nosso FORUM, entre e faça sua pergunta.

 

3 Comentários para “ABORTAMENTO – Diagnóstico e Tratamento”

  1. elisangela disse:

    eu engravidei no meus 16 anos .nunca passau na minha cabeça fazer isso e uma covardia tao grande , hoje meu fiho tem 11 anos e uma vitoria para mim

  2. Beatriz Pereira disse:

    fiz exame de farmacia e o beta derao positivo, estou aproximadamente de 4 semanas ,ontem saiu secrecao tipo borra de café e apos sangue vivo com algun coagulos, fui a o PS e fiz exame de toque utero fechado e amolecido, e usg transvaginal que mostrou espessura ideal para o embriao colo fechado, mas não foi possivél ver o embriao. O sangramento continua pouco com alguns coagulos. O dr pediu para fazer outro beta amanha, se os nivéis estiver aumentado o bebe continua, se manter ou diminuir significa o abortamento, não vejo a hora de pegar o resultado e ir ao medico novamente. Espero que meu filho continue aqui crescendo dentro de mim.

  3. lucas disse:

    qual o tratamento parea o abortamento?

Deixe seu Comentário

You must be logged in to post a comment.